quinta-feira, 24 de abril de 2008

Imprensa Local Publica Conteúdos de Blogs

Os Blogs estão a tornar-se num fenómeno de popularidade, não só entre cibernautas, mas também agora a imprensa começa a descobrir as suas potencialidades.

Existem já aos milhões, e cada bloguista aborda o tema do seu interesse, a verdade está bem aos olhos de cada um, e a imprensa já acordou para este fenómeno e começa a tirar partido das publicações que estes fazem, como é o caso do jornal O BASTO, que já publica posts de Blogs de conterrâneos Cabeceirenses, o “Remisso” e o “Mal Maior”.

Com isso ficam a ganhar as duas partes, por um lado os blogs ficam com mais visitantes, porque o jornal põe os devidos créditos, e pelo lado do jornal, podem-se dar à preguiça cruzar os braços que as publicações lá aparecem com os mesmos ideais ...

3 comentários:

anabela disse...

sem duvida os ideais do Basto e dos blogs lá publicados tem o mesmo ideal chama-se INDEPENDENCIA POLITICA E PARTIDARIA

Anónimo disse...

vamos ver quanto tempo dura até os fascistas que nos governam começarem a puxar os arames. Vai cair muita fruta da árvore.

Eduardo disse...

é bom que a imprensa local dê eco do que se vai fazendo por cá, dando voz e expressão à cidadania responsável. Foi uma boa ideia no mínimo original do Jornal "O Basto" pois os conteúdos de muitos dos "posts" publicados pelos blogs cabeceirenses, são pertinentes, de actualidade inquestionável e passíveis de reflexão. E é tanto mais necessário, se considerarmos que Cabeceiras é um concelho onde as ideias não circulam e onde há pouco debate, factores que favorecem o marasmo, a estagnação e a manipulação da opinião pública. É óbvio que o jornal ganhará mais credibilidade se publicar também "posts" que traduzam o que de bom se vai fazendo por Cabeceiras e arredores. E apesar de tudo, considero que não obstante muitas trapalhadas urbanísticas, ambientais e outras que tais, e tentativas de restringir e condicionar liberdades por parte de quem nos governa no município, também se vai fazendo muita coisa boa. E isso deve ser noticiado.