domingo, 11 de maio de 2008

Operação Stop da GNR (Brigada de Trânsito)

Há uns anos atrás, em Arco de Baúlhe, um jovem conduzia o seu veículo em direcção à vila de Cabeceiras de Basto, chega ao cruzamento da estrada 206 para a 205 quando avista a Brigada de Trânsito da GNR numa operação STOP.

Recebendo dos agentes ordem para parar, assim o fez…

O jovem condutor tinha conhecimento de que havia um Cabo em funções na Brigada de Trânsito, que era natural de Cabeceiras de Basto.

Com receio que os militares lhe aplicassem uma coima por eventuais incumprimentos e tentando sensibilizar o agente que o abordou, o jovem disse-lhe:

- Eu sou amigo do Sr. Cabo “Borges”! – Você conhece?

Resposta do agente:

- Você está a falar com ele!

Depois de verificar que estava tudo em ordem e achando graça à passagem, o agente deu-lhe ordem para seguir:

- Vá-se lá embora.

2 comentários:

Anónimo disse...

É o exemplo puro e duro da forma de viver dos cabeceirenses, aqui vale tudo até a cunha ao "amigo"
Passou-se contigo? então parabéns.
MF

Joana disse...

Óh ANÓNIMO isto passa-se em Cabeceiras, em Braga, no minho, no norte no país e no mundo inteiro, és cego ou não queres ver?
Se não gostas de Cabeceiras porque estás cá?
Estás muito familiarizado com cunhas pelos vistos.
Eu por acaso achei piada, e no post não diz que o jovem condutor ia a transgredir, mais uma vez estavas cego?
tens a oportunidade de ires a Cuba para seres operado a essas cataratas e ficares por lá!